Desenvolvimento para Windows 8 – uma mudança de conceitos

Com a chegada do novo Windows 8,  foi introduzido um novo tipo de aplicação: a Windows Store App. Essa nova família de aplicativos conta com um visual totalmente renovado e irá funcionar em uma variedade de dispositivos, e não apenas em PCs ou notebooks. Isso mesmo, o objetivo é que seu aplicativo possa ser executado em um desktop, um tablet, ou qualquer outro dispositivo rodando Windows 8.

Para desenvolver esses aplicativos, você pode optar por uma variedade de linguagens e tecnologias, de acordo com o seu conhecimento ou preferência:

  • Se você está acostumado com o ambiente Web, você pode desenvolver um aplicativo Windows Store App usando HTML5, CCS, Level 3 (CSS3) e Javascript.
  • Se você tem conhecimentos em .NET, WPF ou Silverlight, você pode desenvolver seu aplicativo Windows Store App usando XAML com o código em C++, C# ou VB .NET.
  • Se o seu aplicativo tiver um apelo gráfico, como jogos por exemplo, você poderá optar pelo DirectX, usando C++ e HLSL para aproveitar ao máximo os recursos gráficos.

É importante dizer que aplicações Windows Store App são suportadas apenas no Windows 8. Você não irá conseguir desenvolver ou executar esses aplicativos em Windows XP, Windows Vista, Windows 7 ou qualquer versão de Windows Server, nem mesmo o Windows Server 2012.

O Windows 8 ainda aceita aplicativos convencionais, mas eles não contam com o novo universo de possibilidades que nasce junto com esse tipo de aplicativo.

Diferente de qualquer app que estamos acostumados a ver, aplicativos para Windows Store app não possuem barras, o que faz com que o usuário se concentre no que é mais importante: o conteúdo.

O layout

Uma Windows Store app pode suportar diferentes tipos de layouts e visualizações, o que permite criar uma experiência harmoniosa e fluida nos mais variados tamanhos de tela.

A interação

Windows Store apps funcionam bem com uma variedade de fonte de entrada incluindo toque (touch), caneta, mouse e teclado. Seus usuários poderão contar com os mais variados tipos de interações com o seu aplicativo.

Aonde foram parar as barras e os menus?

Não existem mais menus como estamos acostumados, a primeira interface de comando com a sua aplicação é a app bar. Você deve utiliza-lá para apresentar a navegação, os comandos e as ferramentas para o usuário. O app bar é oculto por default e aparece quando o usuário toca o dedo na parte superior ou inferior da tela ou clica com o botão direito do mouse na tela do aplicativo.

Outra interface de comando que podemos utilizar é chamada de charms bar. Essa barra é composta por um conjunto específico e consistente de botões (pesquisar, compartilhar, conectar, configurar e iniciar) e está disponível em todas aplicações.

A Microsoft acredita que algumas tarefas são interessantes em todo aplicativo, bem como:

  • Pesquisar por um conteúdo localizado na sua aplicação ou em outra aplicação.
  • Compartilhar o conteúdo de sua aplicação com pessoas ou serviços.
  • Ir diretamente para o Iniciar.
  • Conectar dispositivos, enviar conteúdo e imprimir.
  • Usar o botão Configurações para definir as preferências para sua aplicação.

Neste artigo, tratamos alguns dos novos conceitos que foram introduzidos com a chegada do Windows 8. No próximo, iremos dar continuidade a todas essas novidades na pratica.

 

Fonte: iMasters

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s