Netflix revela como vai adotar o HTML5 para fazer streaming sem usar plugins

O Netflix atualmente usa o plugin do Microsoft Silverlight para exibir filmes e séries via streaming. Isso pode ser um problema, já que poucos sites usam o Silverlight – então você precisa instalar um plugin para o Netflix – e não há uma versão oficial dele para o Linux.

Como a própria Microsoft parece estar se concentrando no HTML5 e deixando o Silverlight de lado, o Netflix resolveu fazer o mesmo.

O Netflix explica em seu blog como está adotando o HTML5. O maior desafio é embutir DRM em seus vídeos, para evitar que o usuário baixe um filme do Netflix e consiga distribuí-lo por aí.

Por isso, o Netflix adota “extensões de vídeo premium no HTML5″. Ao contrário do que o nome sugere, isto não se trata de extensões para o navegador – são funções adicionais para o padrão HTML5, ainda em formação.

Elas consistem em três iniciativas: streaming de mídia ativado por JavaScript; criptografia para DRM; e criptografia entre seu computador e o Netflix. As duas primeiras já foram inclusas no Google Chrome; a última requer um plugin por enquanto.

O Netflix está testando o streaming via HTML5 no Chrome OS. Quando todas as três “extensões de vídeo premium” forem embutidas no Chrome, o Netflix diz que começarão os testes no Windows e OS X. Nada de Ubuntu ou semelhantes por enquanto, mas isto não deve demorar.

Ou seja, o streaming do Netflix em HTML5 vai acabar chegando para todo mundo. Ou essa é a ideia, pelo menos: os navegadores precisam adotar estas modificações no HTML5 para tudo funcionar.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s