Guia definitivo do plugin Google Analytics para WordPress

Quem tem um site precisa, por muitos motivos, ter informações sobre o tráfego de visitantes do site. A melhor ferramenta para ter esse acompanhamento detalhado é o Google Analytics. Neste artigo, você vai encontrar algumas dicas para conseguir informações mais detalhadas sobre os visitantes de seu site WordPress, com algumas orientações para conseguir uma configuração ideal para o plugin em seu site.

Muitas pessoas perdem informações importantes devido ao fato de terem apenas copiado o código de acompanhamento do Google Analytics em seu template, perdendo algumas funcionalidades muito interessantes Analytics. Para ajudar os gestores de sites WordPress, a Yoast de  Joost de Valk desenvolveu o plugin Google Analytics para WordPress. Vamos verificar que informações são essas que o plugin pode adicionar ao Google Analytics?

Informações básicas de tráfego

Para quem só deseja informações básicas sobre o tráfego do seu site, o trabalho com esse plugin é mínimo. Veja como é simples interligar o seu Google Analytics ao seu site WordPress com o uso desse plugin:

configurar-plugin-google-analytics

O plugin oferece a integração através da autenticação do seu login e senha do Google. Já tive alguns sites que apresentaram problemas com essa autenticação, mas a situação é facilmente contornada com a opção “Manualy enter your UA code”, permitindo que você insira manualmente a ID do perfil do Google Analytics que deseja associar.

Existe uma opção que permite ao plugin inserir automaticamente o código de monitoramento do Analytics no cabeçalho de seu template, possibilitando o carregamento do código em todas as páginas do site. Não vejo por que não selecionar essa opção para optar por inserir manualmente esse código, por isso deixe essa opção como default.

Pelo que é dito na documentação, e confirmei pelo código fonte da página, o plugin utiliza as alterações que foram feitas no código de monitoramento para o Google Analytics, permitindo usufruir das novidades da ferramenta nesta última atualização, assim como nas futuras, sem que você precise ficar renovando o código em seu template.

Vamos verificar o restante da configuração, que lhe oferecerá uma série de informações valiosas para a sua gestão de conteúdo, tais como rastreamento de cliques em links internos e externos, downloads de arquivos e variáveis personalizadas que o Google Analytics permite que você defina.

Informações avançadas de tráfego

O Analytics oferece informações detalhadas sobre ações que podem influenciar a sua estratégia de conteúdo, mas para tal é preciso fazer algumas configurações complicadas em seu site, mas que com o uso do Plugin Google Analytics para WordPress da Yoast é tudo muito mais simples. Vejamos:

Track outbound clicks & downloads

Com essa opção ativada, você poderá monitorar com os relatórios do Google Analytics os cliques e os downloads realizados em seu site como eventos.

Onde encontrar esta informação no Analytics: Conteúdo » Eventos

Como usar essa informação: Você pode monitorar os downloads de arquivos como e-books ou ainda monitorar qual é a página que mais atrai clientes às páginas de produtos até a venda em seu site.

Veja abaixo como serão apresentadas as informações ativadas:

configuracao-plugin-google-analytics

Opção “Show advanced settings”

Marque esta opção para ativar as configurações de Variáveis Personalizadas e configurações Avançadas do plugin.

Configuração de Variáveis Personalizadas:

As variáveis personalizadas do Google Analytics lhe permitem visualizar informações adicionais em três níveis: no nível de página, no nível de usuário e no nível de “sessão”. Assim, podemos monitorar essas informações adicionais, juntamente com as informações básicas do Analytics – por exemplo, o nome do autor, possibilitando visão de estatísticas do seu site por autor.

O Google Analytics permite que você defina até cinco variáveis personalizadas. Para acessar essas estatísticas, siga o seguinte caminho no seu perfil do Analytics: Público Alvo > Personalizado > Variáveis personalizadas.

Veja abaixo como o plugin pode ajudar a analisar algumas das variáveis disponíveis:

variaveis

  • Logged in Users: permite identificar o tipo do usuário que está visitando o site (há uma opção avançada para ignorar os usuários de um determinado nível).
    Como usar: para sites que precisam monitorar o tráfego de usuários de diversos níveis de acesso como assinantes, autores, administradores, editores etc., e é muito útil em sites BuddyPress.
  • Post Type: permite que você veja as estatísticas separadamente em artigos, páginas ou outro tipo de página que você tenha.
    Como usar: analisar as visitas às páginas de artigos (informação) e às visitas em páginas estáticas (conversão);
  • Author Name: permite que você veja as estatísticas por autor.
    Como usar: ideal para quem precisa analisar o tráfego gerado para cada autor de artigos.
  • Tags: permite que você veja as estatísticas por tags usando segmentos avançados do Google Analytics.
    Como usar: caso você prefira usar taxonomia para analisar uma determinada preferência de seus visitantes por determinado assunto.
  • Publication year: permite que você veja as estatísticas por ano de publicação, mostrando-lhe se os seus artigos antigos ainda no tráfego.
    Como usar: caso você prefira usar categorias para analisar uma determinada preferência de seus visitantes por determinado assunto.
  • Single Category: permite que você veja as estatísticas por categoria, funciona melhor quando cada artigo é colocado em uma categoria apenas.
    Como usar: caso você prefira usar categorias para analisar uma determinada preferência de seus visitantes por determinado assunto.
  • All Categories: permite que você veja as estatísticas por categoria usando segmentos avançados; deve ser usado quando você utiliza várias categorias por artigo.
    Como usar: caso você prefira usar categorias para analisar uma determinada preferência de seus visitantes por determinado assunto.

Configurações avançadas

variaveis-personalizadas-google-analytics

Uma opção interessante para filtrar as estatísticas de seu site, ignorando tráfego de administradores, editores, ou até mesmo todos os usuários logados. Quanto ao monitoramento de downloads sobre o qual falamos no início, a configuração “Extensions of files to track as downloads” é onde você informa as extensões dos arquivos que deseja monitorar.

Outra configuração importantes é a ativação do “Track AdSense”, mas para isso você precisa ter vinculadas as contas de Adsense e Analytics. Você pode optar por analisar também o tráfego vindo do Feed do seu site; para tal, basta ativar a opção “Tag links in RSS feed with campaign variables”. Mas, atenção, não marque essa opção caso você utilize o FeedBurner.

Ative a opção “Add tracking to the comment forms”, caso seja relevante controlar o tráfego nos links dos comentários do seu site. Essa informação só será relevante quando você tiver uma grande quantidade de comentários por página. As outras opções não devem ser usadas para monitoramento de sites, exigem conhecimentos avançados e podem gerar uma grande confusão nas estatísticas do seu sites caso algo seja feito de errado.

Conclusão

Se você já analisa o tráfego do seu site com o Google Analytics, agora você sabe como ter mais informações sobre os hábitos dos seus visitantes. Não se esqueça de deixar seus comentários depois que começar a receber informações que permitam que você melhore a estratégia de conteúdo online.

Fonte: iMasters, escrito por Bruno Souza.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s